3 dicas de profissões de sucesso

Ao escolher que profissão seguir, os estudantes avaliam o que gostam, aquilo que tem a ver com sua personalidade e também a remuneração salarial.

É muito comum as pessoas irem para as profissões mais bem pagas, porem, esse é o melhor caminho?

Na hora de escolher uma profissão, especialistas apontam que fazer o que gosta é fundamental e vale mais do que o dinheiro. Outros aspectos deveram ser levados em conta, como está ligado à afinidade com a área e o que tem mais a ver com a sua personalidade.

Mais claro que a remuneração é muito importante. Afinal, o retorno profissional após todo o empenho e esforço durante a universidade é fundamental!

1- Cabeleireiro

CabeleireiroO cabeleireiro é uma profissão que está em alta. Hoje, não é só as mulheres que gastam muito dinheiro com esse profissional, mais os homens tem uma parcela considerável nos rendimentos desses profissionais. Isso porquê mais e mais homens estão se preocupando com a aparência.

A indústria da beleza é um negócio em crescimento. O Brasil se destaca no mercado mundial e novos tratamentos e tecnologias vão sendo desenvolvidos constantemente. E um desses tratamentos e tecnologias é a colorimetria capilar.

A colorimetria capilar nada mais é do que uma ciência conhecida em diversas áreas para determinar cores a partir de avaliação de matiz, intensidade e saturação. Quando utilizada para a aplicação nos cabelos, essa ciência é conhecida como Colorimetria Capilar, e serve de base para que o profissional cabeleireiro atinja a coloração adequada nas madeixas dos seus clientes.

Para aplicá-la, é necessário o conhecimento aprofundado dos tipos de cores e de como elas se comportam em relação às outras, é por isso que o profissional de cabeleireiro souber sobre colorimetria avançada é um ponto muito positivo em seu sucesso profissional nessa profissão.

2- Palestrante

PalestranteO mercado de Palestras é autoregulador e se fecha para profissionais menos atualizados. Por isso, essa profissão é preciso de preparação, estudos, dedicação, planejamento, foco e muita persistência.

Em 95% dos casos, ser palestrante vem pela consequência de um trabalho que você desenvolve bem, que é reconhecido, admirado pelo que faz. É quando você sente prazer em dividir todo o seu conhecimento.É quando você sente que tem a vocação para servir.

No curso Negócios de Palestras é mostrado exatamente como viver disso. Nele é mostrado um método abrangente e completo que consegue construir, identificar e aprimorar as melhores qualidades de cada pessoa; seja um iniciante ou alguém que já atua há algum tempo na área de palestras.

Vale destacar que a carreira de palestrante, quando encarada como tal, é promissora, gratificante e muito lucrativa.

3- Personal Trainer

Personal TrainerO papel do personal trainer é trabalhar com o atendimento personalizado, oferecendo para os seus clientes o condicionamento físico individual de acordo com as necessidades, saúde física e tratamentos de saúde próprios dos clientes.

A preocupação com a saúde e a qualidade de vida teve um crescimento exponencial nas últimas décadas no Brasil, segundo pesquisas realizadas o total de quatro milhões de brasileiros praticam atividades físicas independente do local e da forma de execução. Com isso essa é uma área que cresce cada vez mais.

Para se tornar um personal trainer é necessário que o profissional tenha habilidades e competências próprias para exercer atividades de forma individualizada e personalizada, competências como paciência, inteligência emocional, capacidade de motivar e de perceber os limites físicos e psicológicos de seus clientes.

Veja no link abaixo, outras profissões que estarão em alta nesse ano:

http://g1.globo.com/economia/concursos-e-emprego/noticia/veja-20-profissoes-que-estarao-em-alta-em-2017-segundo-especialistas.ghtml